sexta-feira, 18 de agosto de 2017

TEORIA DIZ QUE CRISTÓVÃO COLOMBO ERA PORTUGUÊS. SERÁ?

Pesquisadores afirmam que nome original do navegador era Pedro Ataíde e que fugia de perseguição.

As origens do conquistador Cristóvão Colombo são, até hoje, um grande mistério. Enquanto a hipótese mais popular afirma que o navegante era de origem genovesa, vários historiadores acreditam que ele poderia ter nascido na Catalunha, na Galícia ou, até mesmo, em Portugal.


O historiador Fernando Branco publicou em 2012 seu livro “Cristóvão Colombo, Nobre Português”, no qual fornece vários dados que poderiam provar sua teoria: a de que Colombo era, na verdade, o navegante português Pedro Ataíde e que teria mudado seu nome para fugir de uma perseguição em seu país natal. 

Ataíde foi dado como morto em uma batalha em 1473, mesma época em que teria adotado a identidade de Colombo e atravessado a fronteira portuguesa a nado até o litoral espanhol. 

Essa é a linha de pesquisa seguida por uma equipe de estudiosos da Universidade de Coimbra e do Instituto Superior Técnico de Lisboa, que planeja analisar o DNA dos ossos do primo de Pedro Ataíde e comparar seu material genético com os restos do filho de Colombo. 

Enquanto aguardam a autorização oficial para extrair as amostras, os cientistas dizem estar otimistas com relação à possibilidade de conhecer a verdadeira origem do descobridor da América.


Fonte: Los Andes
Imagem: Shutterstock

Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas