Pular para o conteúdo principal

Hatshepsut, a Primeira Faraó Mulher do Egito

Nascida em Tebas, capital do Egito durante o Império Novo, Hatshepsut foi a filha mais velha do rei Tutmés I e da rainha Amósis, e viveu durante a XVIII dinastia egípcia. 

Após a morte do seu pai, Hatshepsut casou-se com seu meio irmão e herdeiro do trono, Tutmés II, seguindo um costume que existia no Antigo Egito onde membros da família real se casavam entre si. Com a morte de Tutmés II, o único herdeiro homem erá o filho dele com uma concubina, porém por ser apenas uma criança ele não pôde assumir o poder.

Hatshepsut assumiu o poder e no começo de seu reinado não exigiu as regalias reservadas aos faraós, que eram governantes e sacerdotes da religião local. Aos poucos foi testando seu poder, para ver até onde iam os limites impostos pela sociedade egípcia às mulheres, pois almejava o posto de faraó. Hatshepsut, então declara publicamente ser filha do deus Amon-Rá, que se apresentara à sua mãe como Tutmés I. 

Nos templos de Deir el-Bahari e de Amon-Rá ela consolidou seu poder real através de sua paternidade espiritual diante das pessoas mais importantes do Egito, pois Amon-Rá lhe teria confiado o Egito pelo consentimento dos deuses, assim como seu pai carnal lhe teria escolhido herdeira do trono. Hatshepsut passa a governar o Egito, deixando de ser regente para transformar-se em faraó.

A princípio, os sacerdotes não estavam de acordo com a proclamação de Hatshepsut como faraó, mas logo aceitaram a ideia. Provavelmente, o teriam feito pelo temor ao deus Amon e devido às riquezas que recebiam da coroa. 

A rainha realizava muitas doações ao clero, o que alimentava suas mordomias. Além disso, eles acreditavam que as decisões dela satisfaziam ao deus venerado e, caso não fossem cumpridas, ele jogaria pragas no Egito e acabaria com as colheitas. O período de prosperidade e tranquilidade da época fortaleceu o pensamento de que a rainha decidia corretamente.

Nas paredes do templo funerário de Hatshepsut, em Deir el-Bahari, está representado o episódio que relata a concepção e nascimento da rainha-faraó.

Capela vermelha de Hatchepsut em Karnak.
A mãe de Hatshepsut, Ahmose, encontra-se no palácio real. O deus Amon-Ra observa-a e, depois de consultar um conselho composto por doze divindades, decide que chegou a altura de gerar um novo faraó. O deus toma a aparência do rei Tutmés I, encontrando-a no quarto adormecida. 

A rainha acorda ao sentir o perfume que emana do corpo do esposo e o Deus Amon-Rá se mostra em toda sua plenitude, Ahmose, cai aos prantos em emoção pela grandiosidade do Deus. O casal une-se sexualmente e depois Amon-Rá informa que a filha que nascerá da união dos dois, governará o Egito em todas as esferas de poder do palácio.

Após sua morte, aos 37 anos e com 22 anos de reinado, Tutmés III subiu ao trono do Egito. Hatshepsut foi enterrada na tumba KV20.

A descoberta de Hatshepsut
Herbert Eustis Winlock
Tendo em conta que o nome de Hatexepsute foi suprimido das principais listas de reis do Antigo Egito, desconheceu-se durante muito tempo a existência de Hatexepsute. Em meados do século XIX, quando a Egiptologia se estruturou como campo do saber, iniciou-se a redescoberta da rainha-faraó.

Em 1922-1923 o egiptólogo Herbert Winlock, que realizava escavações em Deir Elbari na área pertencente ao rei Mentuotepe II, encontraria uma série de estátuas de Hatexepsute. Uma parte destas estátuas estão hoje no Museu Egípcio do Cairo e no Metropolitan Museum of Art. Recentemente a múmia de Hatexepsute foi localizada através de uma pesquisa que contava com testes de DNAtomografia computadorizada, entre outras 2 múmias, e um grande mistério que envolvia sua morte. 

Através de um dente molar, encontrado em uma caixa mortuária de madeira e com seu nome entalhado, que também continha seu fígado mumificado, foi possível afirmar que uma das múmias em questão era a de Hatexepsute. Cientistas descobriram também que sua morte foi devido a uma infecção na gengiva.



Apagada da História
Dizem que Tutemés III matou e ordenou mata-la, porém a teoria não é muito bem aceita. Após 20 anos do reinado de Tutemés III, o nome de Hatexepsute foi apagado de templos e por Tutemés III, de seu pai ou de seu avô. 

Uma outra teoria fala que Amenhotep II, sucessor de Tutemés, foi quem ordenou que o nome fosse apagado.

O Templo de Milhões de Anos - Deir Elbari
Ao oitavo ano do reinado de Hatexepsute, a grande obra do templo de Milhões de Anos é iniciada na margem ocidental de Tebas. O lugar escolhido: - a encosta de uma falésia, onde hoje encontramos os Vale dos Reis e das Rainhas. O templo foi criado para prestar homenagem ao seu Ka, associado ao seu pai Tutemés I, sendo residência também de Amom e Hator.

Também foram construídos, por ordem da Faraó, obeliscos que foram transportados de Assuã até Carnaque. Os monumentos com mais de 300 toneladas foram trabalhados nas pedreiras de granito de Assuã. 
Ao que consta, foram utilizados 7 meses para construir, transportar e erguer os obeliscos, e a presença desses monumentos dissipavam as forças negativas e protegiam o templo, atraindo assim a luz criadora.
O Templo de Milhões de Anos - Deir Elbari.

Comentários

Unknown disse…
VEJA A HISTORIA DA PRIMEIRA MULHER ASSUMIR O POSTE DE FARAÓ
Unknown disse…
Desde lá, as mulheres sempre mandando! UMA MULHER FARAÓ, ja pensaram sobre isso? Não? Então pensem!!! Obrigado!
Luis Gayoso disse…
O túmulo dela está no vale dos reis. Há uma avenida de esfinges com corpo de leão na frente do Palácio Mortal

Postagens mais visitadas deste blog

História do Batman

Batman  é um  personagem fictício , um super-herói da  banda desenhada  americana publicada pela  DC Comics . O herói mascarado criado pelo cartunista Bob Kane tornou-se, ao longo de seus 80 anos, um ícone da cultura pop, ultrapassando as páginas das histórias em quadrinhos.  Estimulada pelo sucesso do Superman, publicado na revista Action Comics , a National Publications ( editora que se tornou hoje a DC Comics ) contratou Kane para criar um novo herói, cujo visual se baseou nos desenhos de Leonardo Da Vinci que mostrava um homem voando com asas. Com a colaboração do escritor Bill Finger, que lapidou o visual e as ideias apresentadas, Batman chegou às páginas de “Detective Comics” #27 (Maio de 1939). A duplicidade de Bruce Wayne, um aristocrata que leva vida dupla para punir os criminosos, era uma óbvia referência ao “Zorro” de Johnston McCaulley . A inspiração para Batman ainda incluía o aspecto soturno e violento do Sombra (de Walter Gibson) com o qual Batman estimula

Tutankamon - A múmia mais famosa

Tutankamon, também conhecido como o “Faraó Menino” , nasceu em 1341 a.C e morreu em 1323 a.C. Foi faraó do Egito Antigo entre os anos de  1332–1323 a.C. na cronologia egípcia . Era filho do faraó Akhenaton c om alguma irmã do próprio  Akhenaton   ou possivelmente uma de suas primas. Ele subiu ao trono com a idade de nove ou dez anos.  Sua  ama de leite  foi uma mulher chamada Maia, segundo conta em seu túmulo em  Sacará  . Seu professor foi Sennedjem. O nome  Tutankamon siginifica  "Imagem viva de Amom" , reforçando a restauração de Amom. Tutankamon  era magro e tinha quase 1,67 cm de altura.  Ele tinha grandes incisos frontais e a arcada dentária superior projetada para frente, característica da linhagem real  Tuteméses  à qual pertencia. Ainda existem muitas dúvidas sobre a vida de Tutankamon. Foi o último faraó da 18º dinastia. Durante seu curto período de governo, levou a capital do Egito para Memphis e retomou o politeísmo, que havia sido abandonado pelo pai

Horror em Amityville – A História real

Em Junho de 1965, o Sr. Ronald DeFeo adquiriu a casa nº 112 na rua Ocean Avenue. Era uma casa linda, com uma arquitetura ao estilo Holandês, bastante espaçosa e com uma casa de barcos, um anexo com ligação ao rio. "Parecia o Sonho Americano: uma casa de sonho, família feliz e muito dinheiro para gastar." Os DeFeo até colocaram uma tableta em frente á sua casa onde se podia ler  ”Grandes Esperanças” , como que um símbolo da fortuna da família. Mas havia um lado negro escondido na família, o filho mais velho do casal,  Ronald "Butch" Júnior , consumia drogas e praticava pequenos roubos, o que levava a frequentes e violentas discussões com o seu pai. A familia Defeo. No dia  13 de Novembro de 1974  enquanto toda a família dormia nos seus quartos, Ronald "Butch" Júnior estava a ver televisão no segundo piso, quando se levantou e pegou na sua carabina (Marlin Rifle .35).  Dirigiu-se primeiro ao quarto de seus pais e disparou dois tiros contra

Suástica gravada na estátua de Buda, na Coréia.

A imagem da cruz suástica é um dos amuletos mais antigos e universais do mundo, sendo utilizada desde o Período Neolítico. Foi adotada em diversas culturas, sem qualquer interferência umas co m as outras. Especulou-se até que a difusão da suástica entre diversas culturas mundiais (Índia, África, América do Norte e do Sul, Ásia e Europa) apontava para uma origem comum, possivelmente da lendária Atlântida. As primeiras formas similares à suástica estão conservadas em vasos cerâmicos datados de cerca de 4000 a.C., em antigas inscrições europeias, e como parte da escrita encontrada na região do Indo, de cerca de 3000 a.C., a qual religiões posteriores (hinduísmo e budismo) passaram a usar como um de seus símbolos. Na Antiguidade, a suástica foi usada largamente pelos indo-arianos, hititas, celtas e gregos, dentre outros. Ela ocorre em outras culturas asiáticas, europeias, africanas e indígenas americanas, na maioria das vezes como elemento decorativo, eventualmente como símbolo religi

O Misterioso Lago Ness

O  lago Ness  ( Loch Ness ) é um  lago  de água doce localizado em  Highland  na  Escócia , de forma estreita e alongada com cerca de 37 quilómetros de comprimento. O lago ocupa uma área de cerca de 56,4 km² e tem uma profundidade máxima de 226 metros.  A visibilidade da água é extremamente reduzida devido ao teor de  turfa  dos solos circundantes, que é trazida para o lago através das redes de drenagem. Pensa-se que o lago Ness tenha sido modelado pelos  glaciares   da última  era glacial . A torre do Castelo de Urquhart, com o Lago Ness ao fundo. O  monstro do lago Ness: Também conhecido por  Nessie , é um  criptídeo aquático que alegadamente foi visto no  Lago Ness, nas  Terras Altas  da  Escócia , no  Reino Unido . A sua existência (ou não) continua a suscitar debate entre os  cépticos  e os crentes, e é um dos mistérios da  criptozoologia .   Rumores acerca de uma criatura estranha em Loch Ness existem há pelo menos 1595 anos . O primeiro registro escrito aparece na  Vid

Tigre da Tasmânia ou Lobo da Tasmânia

      O Tigre da Tasmânia ou Lobo da Tasmânia ou Tilacino era um marsupial carnívoro que foi extinto há 67 anos atrás, viveu na Tasmânia, próximo a Austrália, no atual Holoceno, era do tamanho de um "grande cachorro" com uma "cabeça de raposa" e a partir do meio do corpo até a cauda apresentava listras iguais às dos tigres, sendo os machos pouco maiores que as fêmeas, estas as quais possuíam uma bolsa, que é característica dos marsupiais.   O Tigre da Tasmânia era um caçador solitário, caçando às vezes em pares, seu método era escolher um animal, como um pequeno canguru e então segui-lo até cansá-lo, pulando então sobre ele e matando-o com suas fortes maxilas, as quais podiam atingir uma abertura angular de maxilares de 120 graus. O Tigre da Tasmânia ganhou fama de assassino de gado e ovelhas, fato este que nunca foi comprovado, mas por causa desta fama tanto os criadores de ovelhas como o próprio governo ofereciam uma boa recompensa em dinheiro pela sua

A verdade sobre "A Bruxa de Blair"

A Cidade de Blair é fundada,em fevereiro de 1785, ela é  uma antiga cidade mineira, atualmente uma " cidade fantasma" , no  condado de Esmeralda , estado de  Nevada , nos  Estados Unidos . Entenda o caso: Diversas crianças acusaram Elly Kedward de atraí-las para sua casa e retirar sangue delas e  uma série de experimentos aterrorizantes . Elly é culpada por feitiçaria e banida do vilarejo durante um rigoroso inverno e tida como morta. Os habitantes locais acreditavam que depois de abandonar Elly para morrer na floresta ela lançou uma terrível praga no local e amaldiçoou  a todos os envolvidos nessa sua expulsão. O que causou um reboliço sem precedentes e uma histeria coletiva envolvendo o nome de Elly. Entenda a cronologia da história: Novembro de 1786: No meio do inverno, todos aqueles que acusaram Kedward e a metade das crianças da cidade desaparecem de Blair e  juraram nunca mais mencionar o nome de Elly Kedward de novo. Novembro de 1809: O livro

Annabelle, a verdadeira história da boneca do mal

O ano era 1970, a jovem Donna era uma estudante universitária que estava quase concluindo seu curso em enfermagem. Ela dividia um minúsculo apartamento com Angie , uma outra estudante do mesmo curso, em uma outra cidade.  Donna era apaixonada por bonecas e, pensando nisso, sua mãe foi até uma Hobby Store (loja especializada em bonecas para colecionadores) e presenteou a filha com uma Raggedy Ann em seu aniversário. Feliz com seu novo presente, a jovem deixo-o sobre sua cama, como uma decoração e recordação de sua mãe, que estava longe dela nesse momento. Até então, tudo normal, nada de ruim foi relatado, mas a situação mudou alguns dias depois. Donna e Angie começaram a perceber que algo estranho estava acontecendo. A boneca sumia de um lugar e aparecia em outro, mudavam de posição, de cômodo, como se estivesse se movendo sozinha. Algumas vezes ela aparecia sentada no sofá, com as pernas e braços cruzados, em outros momentos ela estava em pé sobre a cadeira da cozinha. Quando Donn

A Tumba do Imperador Qin Shi Huang

A descoberta dos primeiros guerreiros e cavalos aconteceu por acaso, em 1972, quando um camponês cavava um poço para obter água e se deparou com algumas estátuas. As figuras encontradas nas escavações foram esculpidas à mão pelos artesãos em tamanho real e estão em rígida formação militar. O mausoléu conta com 400 tumbas, além de 7 mil estátuas de guerreiros e cavalos, e 100 carros de combate. O numeroso exército, porém, com um total estimado em 8 mil peças, na verdade ocupa apenas uma fração do complexo de sepulturas, ainda em grande parte não escavado, que se estende por 56 quilômetros quadrados e cuja construção teria exigido uma força de trabalho de cerca de 700 mil pessoas. Os chineses acreditavam na vida após a morte, e o exército foi criado para acompanhar o Imperador Qin em sua suposta vida além-túmulo. Quando foi descoberto, o exército estava disposto em formação completa de batalha, e incluía a linha de infantaria, arqueiros ajoelhados e carroças com seus cavalos e c