Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de abril, 2013

Alemã revela que provava comida de Hitler antes de ele comer

Por mais de meio século, Margot Woelk guardou um segredo escondido do mundo, até mesmo do marido. Alguns meses antes de completar 95 anos, ela revelou a verdade sobre o seu papel durante a Segunda Guerra Mundial: provadora de comida de Adolf Hitler. Aos 95 anos, Margot Woelk posa em seu apartamento em Berlim (Foto: Markus Schreiber/AP) Woelk, então com seus vinte e poucos anos, passou dois anos e meio como uma das 15 jovens que "testavam" a comida de Hitler para ter certeza que não estava envenenada antes de ser servida ao líder nazista em sua "Toca do Lobo", um centro de comando localizado onde hoje é a Polônia, no qual ele passou a maior parte de seu tempo nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial. "Ele era vegetariano. Ele não comeu carne durante todo o tempo que eu estava lá", disse Woelk sobre as preferências do líder nazista. "E Hitler era tão paranóico que os britânicos pudessem envenená-lo, é por isso que ele tinha 15 meninas para pr

20 de abril, nasce Adolf Hitler, o ditador antissemita.

Corria o ano de 1889 quando, a 20 de abril, nasce Adolf Hitler, em Braunau am Inn, pequeno município do norte de Áustria. Membro de uma família humilde, tornou-se líder nazi e um dos grandes ditadores da História mundial. Hitler defendeu teses racistas e levou a cabo a perseguição antissemita do Holocausto. Pouco se sabe das origens de Adolf Hitler.  O ditador, filho de um empregado de alfândega, nasceu em 1889, a 20 de abril, e escondeu sempre o seu passado. Mas as origens de Hitler, mesmo que conhecidas, ficariam sempre na sombra da sua política de perseguição a judeus, pessoas com deficiência, eslavos, polacos, homossexuais, ciganos e testemunhas de Jeová. Dirigente máximo do Partido Nazi, chanceler e ditador alemão, Hitler defendeu teorias racistas e antissemitas, no seu livro de 1924, ‘Mein Kampf’, escrito enquanto esteve preso. Passou das palavras aos atos como líder da Alemanha, entre 1939 a 1945, durante a II Guerra Mundial (conflito que provocou a morte de cerca de 6

FBI assume investigação das explosões em Boston; 3 morreram

Um agente especial do departamento federal de investigação dos EUA anunciou na noite desta segunda-feira (15) que o FBI assume as investigações das explosões na Maratona de Boston .   Segundo a polícia, as explosões mataram três pessoas. O FBI informou que a investigação do caso é criminal, mas que tem "potencial de ser uma investigação terrorista". As duas fortes explosões ocorreram na chegada da Maratona.  Segundo a polícia, as explosões foram causadas por duas bombas "poderosas". Os dispositivos, que foram embalados com pólvora, rolamentos de esferas e estilhaços para maximizar os ferimentos das vítimas, de acordo com uma autoridade policial com conhecimento da investigação, que não quis ser identificada.  Entre os mortos, segundo o jornal “The Boston Globe”, está um menino de 8 anos de Dorchester, nas proximidades de Boston. Segundo o jornal, a mãe e uma irmã do garoto Martin Richard tiveram ferimentos graves na explosão.  O número de feridos ainda n

101 anos do Naufrágio do Titanic

Hoje dia 15 de Abril de 2013 completa 101 anos do maior naufrágio que a historia já viu, o grandioso Titanic se perdia pelas profundezas do oceano por causa de erros trágicos. 15 de Abril de 1912.

"Nunca comia carne", conta provadora de comida de Hitler

Margot Wölk manteve uma dieta invulgar durante a II Guerra Mundial. Enquanto a maioria dos alemães tinha dificuldade para encontrar os alimentos mais básicos, ela provava os pratos mais sofisticados.  Só que podiam estar envenenados... Margot era provadora de comida de Hitler . Aos 95 anos, Wölk teve a sua história publicada pela revista alemã Der Spiegel, depois de já ter sido entrevistada em Dezembro pelo jornal berlinense B.Z. Wölk era uma das 15 jovens provadoras de comida de Hitler no Wolfsschanze (toca do lobo), o seu famoso quartel-general na Prússia Oriental, e a única entre estas a não ser fuzilada pelos soviéticos depois de tomarem o local (hoje na Polónia), em 1944. Depois de a sua casa em Berlim ter sido bombardeada, Wölk refugiou-se na casa da sogra, localizada a menos de 3 km da base de Hitler. Na época, o Reich temia que os Aliados quisessem envenenar o führer. "Nunca tinha carne porque Hitler era vegetariano. A comida era muito boa... mas não conseguía