sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Pau-brasil gigante, anterior à chegada de Pedro Álvares Cabral, é encontrado na Bahia

Um pau-brasil gigante que já existia na época em que Pedro Álvares Cabral desembarcou no litoral brasileiro foi descoberto no sul da Bahia. A árvore tem cerca de 40 m de altura e 7,13 m de diâmetro. Pesquisadores estimam que ela tenha aproximadamente 600 anos.

A descoberta aconteceu na cidade de Itamarajú durante uma expedição feita pelo botânico Ricardo Cardim e pelo empreendedor ambiental Alex Vicintin. Eles foram informados da existência do pau-brasil gigante por um guia. Segundo Cardim, apenas um homem da comunidade conhecia a localização da árvore.

Desde 2016 Cardim pesquisa as árvores gigantes que restaram na Mata Atlântica. O pau-brasil encontrado agora é quase três vezes maior do que os já conhecidos. Por isso, a descoberta é tão surpreendente.

“O que temos no país são exemplares que rebrotaram no século 20, dificilmente alguém vai achar alguma árvore remanescente do século 18, quando prevalecia o vale tudo e tudo era simplesmente destruído. Esse é o último dos moicanos. Por isso, o nosso quase desespero para fazer as pessoas entenderem a importância dessa árvore. Se derrubar, não haverá outra em seiscentos anos”, disse Cardim à colunista Sonia Racy, do Estadão. “Ela tem um simbolismo enorme, nomeou o nosso País. E sobreviveu a cinco séculos de ferro e fogo da Mata Atlântica”, afirmou.

Fontes: Estadão e Bahia.ba - Imagem: Carla Oliveira/ICMBio

Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas