quinta-feira, 22 de junho de 2017

Uma 'passagem secreta' na Argentina revelou objetos nazis que podem ter sido utilizados por Hitler

Artefatos nazistas foram encontrados escondidos em uma casa nos arredores de Buenos Aires, capital da Argentina. 
Aproximadamente 75 objetos estavam na coleção, que continha, entre outras peças, um busto de Adolf Hitler, brinquedos para doutrinar crianças e até um estranho medidor de cabeças.

A polícia argentina está tentando determinar como tudo isso chegou ao país. Segundo o Ministério da Segurança, os artefatos são legítimos e teriam pertencido a oficiais do exército nazista na época da Segunda Guerra Mundial.
Algumas das peças estão acompanhadas de fotografias de Hitler manuseando os artefatos. Todos os itens foram achados em um cômodo oculto atrás da biblioteca de um casarão em Béccar, subúrbio ao norte da capital.
Segundo membros da comunidade judaica da Argentina, a coleção deve ter vindo escondida na bagagem de homens do alto escalão nazista. Quando o regime caiu, muitos deles fugiram para a América do Sul.
A polícia, porém, não possui nenhum palpite sobre o proprietário real dos objetos. A única pista encontrada são alguns instrumentos médicos presentes na coleção.

Um dos maiores generais do regime nazista, Josef Mengele, o chamado "anjo da morte" do campo de concentração de Auschwitz, ficou conhecido como um dos oficiais que fugiu para Buenos Aires na época. Depois que um de seus colegas, Adolf Eichmann, foi capturado, Mengele fugiu para o Paraguai e para o Brasil. Ele morreu em 1979, enquanto nadava no mar de Bertioga, em São Paulo.
Fonte:http://revistagalileu.globo.com

Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas