terça-feira, 12 de novembro de 2013

Cidade alemã retira cidadania de honra de Hitler

A cidade de Goslar, no centro da Alemanha, retirou a cidadania de honra de Adolf Hitler, quase 70 anos depois do final da Segunda Guerra Mundial

Adolf Hitler: decisão não havia sido tomada anteriormente por entender que a vigência da cidadania de honra terminava com a morte do agraciado
Segundo um porta-voz municipal, o plenário da Prefeitura decidiu por unanimidade cancelar o reconhecimento ao ditador e alegou que a decisão não havia sido tomada anteriormente por entender que a vigência da cidadania de honra terminava com a morte do agraciado.
O prefeito de Goslar, Oliver Junk, da União Democrata-Cristã (CDU), partido da chanceler Angela Merkel, disse que o objetivo da medida era "simbólico", para deixar destacado o distanciamento do município, explicou seu porta-voz.
Cerca de 4 mil municípios na Áustria e Alemanha, entre eles Berlim, Frankfurt e Munique, concederam a Hitler durante o regime nacional-socialista (1933-1945) o título de cidadão de honra ou ilustre, mas muitos deles foram retirados desde então, a maioria durante a imediata pós-guerra.
Algumas, no entanto, ainda mantêm o título sob diversas argumentações, entre as quais se destaca a que sugere que é preciso manter prêmios do tipo para que não caia no esquecimento o que aconteceu na Alemanha durante o nacional-socialismo. 
Fonte: Exame.com

Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas