terça-feira, 1 de maio de 2012

Milionário quer construir um Titanic II

Clive Palmer, que fez fortuna na indústria mineira, entregou o projecto ao construtor naval chinês CSC Jinling Shipyard, sem especificar o montante do investimento.

O novo Titanic deverá respeitar o mais possível o original, um navio que naufragou durante a sua viagem inaugural na noite de 14 para 15 de Abril de 1912, depois de ter embatido num iceberg no oceano Atlântico. Propriedade da companhia White Star Line, e construído nos estaleiros navais de Belfast, o Titanic era o maior paquete da sua época.

“Será em tudo tão luxuoso como o Titanic, mas, evidentemente, estará dotado com a mais recente tecnologia e com sistemas de segurança e navegação modernos”, disse Palmer, citado pela agência AFP. A construção deverá começar no final de 2013. “O Titanic II vai navegar no hemisfério Norte e a sua viagem inaugural de Inglaterra para a América do Norte está prevista para o final de 2016”, precisou.

O anúncio deste novo projecto surge no ano em que se celebram os 100 anos da catástrofe, que custou a vida a 1500 pessoas.

Segundo Clive Palmer, o novo navio é uma homenagem à tripulação do Titanic. “Aquelas pessoas fizeram um trabalho que ainda hoje merece a nossa admiração. Queremos que esse espírito se perpetue por mais 100 anos.”

Clive Palmer criou a sua própria companhia, a Blue Star Line, para construir o seu navio, com 270 metros de comprimento e 840 cabines, restaurantes e piscinas. A decoração interior ficará a cargo de uma equipa de investigadores que irá estudar os arquivos do navio original. “O Titanic II oferecerá o que há de melhor em termos de conforto e de luxo, com ginásios, piscinas, bibliotecas, restaurantes e cabines de luxo”, garantiu Clive Palmer, um dos homens mais ricos da Austrália, com uma fortuna estimada em 3700 milhões de euros.

Um comentário:

Raiane de Mello disse...

*----*,eu vou! (yn)

Postagens mais acessadas