quinta-feira, 12 de abril de 2012

Homenagem a vítimas do Titanic (2012)

Cem anos depois que o Titanic partiu do porto de Southampton, na Inglaterra, para dar início à sua viagem inaugural, uma gravação do apito do navio marcou o início de um minuto de silêncio no cais.


A cidade lembrou o acidente e os 1,5 mil passageiros e tripulantes que morreram no naufrágio perto de Newfoundland no dia 15 de abril de 1912.

Muitas das pessoas que na terça-feira se reuniram ao lado do cais 43/44, onde o Titanic recebeu a maioria dos cerca de 2.225 passageiros e tripulantes que começaram a viagem transatlântica, eram das famílias das vítimas. Oficiais da cidade disseram que dos 900 membros da tripulação, cerca de 685 deles saíram do porto de Southampton e que 538 deles perderam suas vidas. Muitos de seus parentes choraram durante a comemoração.

O navio, que foi construído em Belfast, saiu de Southampton e ancorou brevemente em Cherbourg, na França, Queenstown, na Irlanda, e depois em Cobh, antes tomar o oceano rumo a Nova York e atingir um iceberg.

Um elemento muito presente nas comemorações, que foi citado pelo pastor anglicano que conduziu uma missa em homenagem às vítimas, foi o de que muitos dos tripulantes que morreram eram homens locais e pobres, que alimentavam os motores à vapor com carvão, e outros que trabalharam nos bastidores do convés. Eles tinham pouca chance de sobrevivência já que a água entrou através de uma fenda causada pelo iceberg ao casco do navio.

Parentes

Muitos daqueles que estavam presentes no cais, enfrentando um vento tempestuoso e gelado, seguravam fotografias de seus parentes. Eles falaram da árdua viagem das pessoas a bordo do Titanic, especialmente aquelas que viajavam na segunda e terceira classes, que estavam partindo para a América em busca de novas oportunidades.

A Banda Real da Marinha tocou um trecho da música "Elgar’s Nimrod", muitas vezes tocada em ocasiões tristes na Grã-Bretanha, enquanto oficiais da Marinha, do governo e parentes caminhavam pelo cais, um após o outro para jogar coroas marcadas com as palavras RMS Titanic na água. A cerimônia foi concluída com o hino "Nearer My God to Thee", música supostamente tocada pelos músicos do Titanic enquanto o navio afundava.

A gravação do apito do navio tocada em frente ao porto contou com a participação de dezenas de navios ancorados, que ofereceram um coro sonoro que acompanhou um rebocador construído nos anos que antecederam a Primeira Guerra Mundial, o Calshot, enquanto ele deixava lentamente o cais em direção ao mar aberto.

Por John F. Burns

Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas