quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Hitler planejou pessoalmente putsch de 1934.

Adolf Hitler teria planejado pessoalmente o golpe de Estado contra o governo austríaco de Engelbert Dolfuss, assassinado em 25 de julho de 1934, segundo um historiador de Viena que se baseia em escritos de Joseph Goebbels, chefe da propaganda nazista.


Em um estudo publicado esta semana na publicação Cadernos Trimestrais da História Contemporânea, Kurt Bauer concluiu que, "segundo todas as evidências", o golpe de Estado em Viena foi pessoalmente supervisionado por Hitler.

Bauer menciona em particular uma nota de 22 de junho de 1934 no diário de Goebbels.
"Domingo na casa do Fuhrer. A questão austríaca foi abordada. Isto funcionará? Sou muito cético...", escreveu o dirigente nazista após um encontro com Hitler em Bayreuth.
Para Bauer, foi em Bayreuth onde foi organizado o 'putsch' de julho.

"Hitler organizou uma reunião muito importante dois dias antes do golpe de Estado. Isto significa que levava muito a sério esta questão. Durante esta reunião, deu o consentimento para a operação", afirma o historiador.
Kurt Bauer menciona também outros fatos de ordem diplomática que podem explicar a decisão de Hitler: a visita prevista de Dolfuss à França e Itália, assim como os boatos de um encontro entre o ditador fascista italiano Benito Mussolini e Louis Barthou, ministro francês das Relações Exteriores.

"A aproximação entre Áustria, França e Itália era o que mais temia Hitler, pois era uma situação que isolava diplomaticamente a Alemanha", explica o historiador.

Engelbert Dollfuss, chanceler de tendência ultra-conservadora a partir de 20 de maio de 1932, combateu de maneira feroz a anexação da Áustria pela Alemanha (Anschluss), desejada pelos nazistas desde a chegada de Hitler ao poder na Alemanha, em 30 de janeiro de 1933.

Em 25 de julho de 1934, os nazistas austríacos invadiram a chancelaria em Viena, com o objetivo de impor um novo governo dirigido por Anton Rintelen, mais favorável a Hitler. Engelbert Dollfuss foi assassinado na tentativa fracassada de golpe de Estado.

Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas