segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Ex-funcionário da NASA promete revelar um “segredo obscuro” sobre a Lua

Ken Johnston, veterano aposentado da NASA, afirmou que, em breve, revelará um “segredo obscuro” que a agência norte-americana ocultou por mais de 40 anos.


Segundo Ken, trata-se de uma série de fotografias que mostram diversos objetos secretos na superfície lunar, tiradas durante a aterrissagem na Lua em 1969. Ele afirmou que, naquela época, embora tenha recebido ordens de destruí-las, decidiu guardar uma cópia das imagens em seu arquivo pessoal. 

Indo mais longe ainda e, apesar de não ter esclarecido se as fotos estão relacionadas a isso, Johnston disse que os astronautas norte-americanos descobriram antigas ruínas de origem artificial sobre a Lua. Essas palavras ecoam com as de uma ex-funcionária da NASA, que, em dezembro de 2015, afirmou que a agência espacial havia destruído um grande número de fotos de óvnis. 

Fonte: Sputnik News
Imagem: Shutterstock.com

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Uma sopa com mais de 2 mil anos é encontrada na China

O instituto arqueológico da província de Henan, no centro da China, informou recentemente a descoberta de uma vasilha na qual ainda é possível identificar os restos de uma sopa preparada há mais de 2 mil anos.


A sopa antiga foi encontrada no sítio arqueológico de Chengyang, próximo à cidade ade Xinyang. As ruínas do local pertencem ao reino Chu e correspondem ao Período dos Estados Combatentes (481-212 a.C.). 

No interior da vasilha, conservam-se ressaibos de ossos de carne bovina e de outros ingredientes da cozinha tradicional chinesa. As fotos da descoberta, publicadas na rede social Weibo (uma espécie de Twitter chinês), causaram alvoroço entre os usuários. 

Os responsáveis pela descoberta acreditam que as qualidades climatológicas particulares do local e a impenetrabilidade incrível da vasilha tornaram possível a conservação dos restos orgânicos.

Fonte e imagem: Cronica

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Carlos Villagrán deixará de interpretar Quico, diz filho do ator

Ángel Villagrán afirma a agência Notimex que vai parar de interpretar o personagem de 'Chaves'; 'Está feliz com essa oportunidade que chegou', diz.


O ator mexicano Carlos Villagrán deixará de interpretar seu personagem mais famoso, Quico, com o qual trabalhava em sua carreira solo desde que deixou "Chaves", em 1978. A notícia foi divulgada pelo filho do comediante, Ángel Villagrán, em entrevista publicada pela agência de notícias mexicana Notimex neste domingo (15).

Carlos Villagrán interpreta Quico em carreira solo desde que deixou 'Chaves', em 1978 (Foto: Vanessa Carvalho/ AFP Arquivo)
Segundo Ángel, Carlos viajou pela América Latina nos últimos três anos em uma turnê de despedida ao personagem, e a partir de 2017 se concentrará em sua carreira de ator. Ele até participará do filme brasileiro "Como se tornar o pior aluno da escola", de Danilo Gentili.
"Está feliz com essa nova oportunidade que chegou", disse Ángel. "Meu pai aproveita essa nova etapa, mesmo que eu deva reconhecer que não foi fácil para ele dizer adeus ao personagem que interpretou por tantos anos e ao qual agradece a oportunidade de desfrutar do carinho do público."
Ele explica que é o momento certo para o pai deixar o jovem Quico, já que, aos 73 anos de idade, não conseguia mais passar credibilidade como um menino para as crianças. "Os pequenos estranhavam ao vê-lo, porque se lembram dele mais jovem como nos programas."

Fonte: G1

Postagens mais acessadas